Notcias

- Sem salrio, merendeiras fazem manifestao em frente a Prefeitura

Merendeiras do municpio da Serra fecharam a BR-101, na altura do bairro Serra Sede, na manh desta tera-feira (14). O protesto da categoria contra a empresa terceirizada da Prefeitura da Serra que no estaria cumprindo com os deveres trabalhistas. Aps barricada na rodovia, as manifestantes seguiram para os portes da Prefeitura.

As reivindicaes so salrios e tickets atrasados, a suspenso do plano de sade, falta de depsito de INSS e FGTS, frias vencidas e pessoas demitidas, que no receberam resciso. Tenho 11 anos de profisso, trabalho para a SERGE h nove meses. Fui demitida e ainda no recebi minha resciso. Afirma Araceli Fonseca do Nascimento.

A merendeira Luciana Gomes funcionria h seis anos, desde quando a empresa ganhou a licitao da Prefeitura e afirma que o correto a empresa efetuar o pagamento no primeiro dia de cada ms, mas no est sendo assim: No ms passado recebemos no dia 24 e esse ms no tem nem previso de quando vo pagar. Ressalta.

O Presidente do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores em Hotis (Sintrahoteis), Odeildo Ribeiro, solicitou ao departamento jurdico a tomar todas as medidas cabveis, notificando a empresa para cumprimento das obrigaes trabalhistas e demais normas coletivas.

A reportagem do Jornal Tempo Novo Procurou a SERGE SERVIOS E CONSERVAO E LIMPEZA LTDA, empresa terceirizada da Prefeitura da Serra e responsvel pelo pagamento das merendeiras, mas at o momento, a empresa no se manifestou. A Prefeitura da Serra, por meio de nota, afirma que est em dilogo com a empresa responsvel e com o sindicato da categoria e est empenhando esforos para normalizar a situao o mais rpido possvel.