Notcias

- Odeildo Ribeiro Presidente do Sintrahotis, j estuda a proposta do reajuste salarial para a sua categoria em 2013.

Braslia, 13/4/2012 - A ministra do Planejamento, Oramento e Gesto, Miriam Belchior, anunciou nesta sexta-feira (13), os dados bsicos do Projeto de Lei de Diretrizes Oramentrias para 2013 (PLDO 2013), encaminhado para anlise do Congresso Nacional. Pelo projeto, o Governo prev reajuste de 7,3% no Salrio Mnimo, que dever saltar de R$ 622 para R$ 667,75 no prximo ano, com impacto de R$ 17,2 bi nas despesas da Previdncia Social. O PLDO 2013 prev como prioridades o Plano Brasil Sem Misria e o Programa de Acelerao do Crescimento (PAC), dentro do qual est o programa Minha Casa, Minha Vida. So investimentos que so fundamentais para o desenvolvimento do pas, pois geram emprego,  renda e tm efeito extremamente positivo para o nosso crescimento,Segundo Miriam Belchior, o Brasil est entre os poucos pases no mundo que crescero em 2012 mais do que no ano passado, e que este crescimento se manter em 2013, como resultados das polticas econmicas adotadas pelo Governo.

Consideramos que temos condies de responder instabilidade e incerteza internacional, por conta do nosso mercado interno dinmico, com seguidos recordes de gerao de emprego e renda vide o aumento recorde do salrio mnimo, menos dependncia do mercado externo, com diversificao dos parceiros internacionais, somados aos grandes programas de investimentos e ao acmulo de reservas, listou.

O PLDO 2013 prev supervit primrio nominal de R$ 155,9 bilhes, com manuteno da meta em 3,1% do PIB, como vem ocorrendo nos ltimos anos. O objetivo do Governo reduzir a dvida lquida do setor pblico, que era de 60,4% do PIB em 2002, para 27,4% do PIB em 2015.

 Vamos continuar a trajetria de queda da dvida lquida do setor pblico. Acreditamos que ainda preciso consolidar em um patamar mais baixo a nossa dvida pblica, e por isso daremos continuidade s polticas fiscal e monetria, de maneira muito sintonizada, nos rendendo frutos importantes no controle da inflao e na reduo da taxa de juros. importante observar que, nos ltimos 10 anos, estamos conseguindo alcanar este objetivo com sucesso, lembrou a ministra.

Parmetros

A inflao prevista para 2013, 2014 e 2015 de 4,5% ao ano, com a taxa de juros caindo 0,5% ao ano, chegando a 9% em 2013, 8,5% em 2014 e 8% em 2015. Alcanamos o objetivo de manter a inflao dentro da meta, em trajetria descendente. Acreditamos que temos condio de chegar ao centro da meta em 2013, afirmou Miriam Belchior, que comentou, ainda, a previso de crescimento da economia.

Projetamos crescimento de 4,5% do PIB para 2012 e 5,5% para 2013, sustentado pelas medidas tomadas pelo Governo, como a poltica de aumento do salrio mnimo, a desonerao tributria ao setor produtivo e a ampliao do crdito, fundamentais para garantir o crescimento, e cujo resultado j ver no segundo semestre deste ano, e que ser acelerado em 2013.

Economia

Ao comentar o cenrio econmico mundial, a ministra Miriam Belchior apontou que o Governo prev alguma recuperao em 2013. O menor crescimento da economia mundial est conjugado com uma modesta recuperao da economia americana e baixo crescimento europeu. Os que mais crescero em 2013 sero os pases emergentes.

Estimativas do PLDO mostram que Brasil, Austrlia, Japo, ndia e Estados Unidos crescero em 2012 ainda que pouco mais do que em 2011. Para 2013, a previso de recuperao, ainda que leve, puxada pelos pases emergentes, com os pases desenvolvidos ainda com freio de mo puxado, analisou a ministra.

Fonte: http://www.planejamento.gov.br